Nano VII

Subi as escadas, degrau a degrau, e do alto de mim cheguei a lado nenhum. Aqui.

Continue Reading Nano VII

Nano VI

A porta rangeu, não abriu, a luz acendeu, não iluminou, a faca caiu, não cortou, GRITEI!

Continue Reading Nano VI

My Nanos V

Nasceu anão, anónimo e pobre. Inventou o livro de bolso.É grande, reconhecido e rico.

Continue Reading My Nanos V

My Nanos IV

A amizade improvável entre um Porco e um Dragão origina ponte aérea Montijo-Pequim!

Continue Reading My Nanos IV

My Nanos III

Ilustração de @mouro.ao Tinham muitas saudades de se verem.Quando se reencontraram saíam faíscas dos seus olhos.Cegaram!

Continue Reading My Nanos III

My Nanos II

Ariel chorou sem parar por nunca ter visto o mar.Teve de aprender a nadar.

Continue Reading My Nanos II

My Nanos I

A madrinha queria ser a fada da menina,A menina queria ser fada e a fada-madrinha.

Continue Reading My Nanos I