eu sou a viscondessa

"- Ammu, quando se está feliz num sonho, isso conta?"

                                                  Arundhati Roy

Relações Tóxicas (EP.17)

Ganhei vida com o seu olhar, era um castanho doce e avelã que me adocicava o cérebro e quebrava barreiras. Pegava ao colo todas as minhas inseguranças e embalava histórias e lágrimas com palavras de solidez. Era amor feito casa com mestria em receber.

E no chão cresceram blocos para me proteger do vento e do frio, e fazer sombra, e impedir ladrões e ratos e baratas e nas janelas colocou mosquiteiras e grades porque há melgas ao pé do rio e osgas que sobem paredes. Usou cimento por baixo de telhas para impedir infiltrações…

Cada saudade minha, cada lonjura, passou a ser recebida com memória, com cobrança, com o rasgar de feridas cicatrizadas.

E a casa era pedra e tijolo frio e vidro pontiagudo e baço e não era casa, era prisão.
Não era amor era carrasco!

(Diz Que Disse Podcast)

Aniversário (EP.16)

Eu tinha acordado com uma energia saltitante, era o meu dia de aniversário e isso fazia os meus olhos brilharem e abrilhantarem bancos de jardim, transeuntes, flores, pedras e prédios. Sou uma pessoa de pessoas e, como tal, fui para a esplanada do meu café e convidei quem se quisesse juntar numa comemoração de vida, à volta de uma mesa.
Dei por mim rodeada de corações e cabeças a dissertar sobre esta coisa de fazermos anos. Eu gosto do dia e da idade, a Sandra gosta do dia mas não da idade, o Hugo, nem do dia, nem da idade e, o Zé gosta da idade e não gosta do dia.
Não há certos, nem errados, mas há conversa para dar e vender.

(Diz Que Disse Podcast)

Diz que Disse Podcast

© 2006 - 2021, Viscondessa

made by besensi