Vizinhos

Uma criança brinca com um carrinho quando ouve um latido ao fundo da rua, que a faz levantar os joelhos da lama. Aquele gesto repentino despertou a minha curiosidade de…

Continue ReadingVizinhos

Casino

Lançou os dados e pareceu-lhe que tinham ficado em suspenso. O ar que lhe saía do corpo tinha-lhe paralisado a visão, como quando pausamos um filme e a imagem fica…

Continue ReadingCasino

Vaguear

(ilustração de @mouro.ao) "Nem todos os que vagueiam estão perdidos"*, alguns vagueiam exactamente para não se perderem, para se manterem encontrados, para se consolidarem enquanto seres diferentes dos que correm,…

Continue ReadingVaguear

Avó

“Tudo o que existe nasce pequeno.” Disse-me a minha avó. “E até nos afectos, porque podem sempre crescer! Temos de dar importância às coisas pequenas da vida.”Sábio conselho! A nossa…

Continue ReadingAvó

Gulodice

Quando via um bolo avançava com raiva e acabava com ele logo ali. Era um ímpeto que muitas vezes começava no nariz e não na barriga. Era o doce que…

Continue ReadingGulodice

Anónimo

Na Travessa do Alecrim entre passeios e degraus estavam umas mesas barril que juntavam pessoas e conversas. As ruas e os barris têm esse encantamento, puxam à conversa entre conhecidos…

Continue ReadingAnónimo

Desapego

letra, por letra, sílaba por sílaba, como se não fosse uma palavra por completo.nós, ora temos receio, ora o desejamos, mas não mandamos no verdadeiro D E S A P…

Continue ReadingDesapego

Tinta

A nossa história é o resultado da convulsão de duas vidas que foi escrita por uma caneta que falhava a cada linha na escuridão de uma sala.Agora, ou se acende…

Continue ReadingTinta